Pages

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Um sábado com Parker Lundgren



Lembram daquela banda de metal progressivo que foi sucesso na década 80, os Queensryche? Parker Lundgren, para quem está acostumado com a formação original da banda, é o integrante mais jovem do Queensryche que é formada por mais 5 quarentões cabeludos e machões do metal. Agora que vocês já estão contextualizados, vou contar um pouquinho sobre um sábado muito interessante... daqueles que acontecem uma vez na vida.


Sábado, dia 14 de abril eu tive o prazer (e a sorte) de passar algumas horas do meu dia com o guitarrista mais gato das bandas de metal. Fomos almoçar no Ladrillo, e lá passamos algumas horas conversando sobre... praticamente tudo o que veio na cabeça. Como o clima era descontraído e a conversa bem informal, de desconhecido para desconhecido, algumas curiosidades que você nunca imaginou sobre um metaleiro foram reveladas sem rodeios. 


Branquelo, de olhos azuis e cabelo bem preto - a versão rock n roll masculina da Branca de Neve? - Parker nasceu em Seatle, onde divide um apartamento entre a namorada e amigos e confessa que Metal Progressivo não é o seu gênero favorito, ao contrário disso, ele prefere o Punk e sua banda favorita é Rise Against. Mas se você é desses que adora rock n roll, ou independente do gênero, se considera uma pessoa de gosto musical refinado, gente assim geralmente despreza todos os sucessos da Bilboard e divas do Pop, saiba que os Queensryche escutam Black Eyed Peas nos backstages, e digo mais, o guitarrista ainda admite ser fã da Lady Gaga e da Adele. Ou seja, o lema é ouvir sem preconceitos.




Sobre moda, Parker confessa não saber muito sobre o assunto, fala que a banda só tem autorização de usar roupas pretas e sem logomarca. No entanto, quando se trata de estética o esteriótipo é quebrado mais uma vez. Prova disso, é a namorada do cara, igualzinha uma coelhinha da Playboy. Parker também faz exercícios físicos, tem alimentação saudável - eu diria ainda que ele come menos do que eu- e tem um cuidado especial pelo cabelo, que vamos combinar, é um charme. Há alguns anos atrás usava o penteado oficial dos metaleiros, mas hoje prefere usar curto, penteado pra trás, geralmente com uma bandana, 
ele diz que além de deixá-lo com aparência mais jovem, é uma questão de preservação de sua individualidade:"quero manter minha identidade, não vou deixar a banda mudar quem eu sou."


Além disso, conversamos também sobre sua carreira que parece estar indo de vento em popa. O guitarrista começou com uma banda de garagem formada por adolescentes e hoje além da guitarra do Queensryche, ele também faz o back vocal nas turnês, mas apesar do sucesso, Parker disse que já está pronto para iniciar uma nova fase em outra banda. Sendo assim, melhor ficar de olho nos próximos passos do guitarrista que garante ter um furuto promissor! 


Considerações finais: Lindo, simpático, simples, divertido, educado e doce, além de ser muito sexy tocando guiarra. Parker Lundgren vai além de tudo que a gente imagina sobre um rockstar metaleiro. Reproduzindo as palavras da Mirella do itsomegirls: "gata, isso é luz, isso é vida." Entederam? Parker Lundgren é puro amor.




Esclarecimentos: O texto foi produzido em cima de uma conversa casual e não uma entrevista.

6 Alices comentaram:

Mery - Coqueluxos disse...

Ele é um colírio... rsrsrs bjokas

Bruna Castro disse...

Lindo...
Ótima semana pra vc querida!
Beijos

Bruna

http://deliriofashionista.blogspot.com/
@delirio_fashion

Bruna disse...

Que legal!
Beeijo

http://besidesthebasic.com

Gih disse...

não conheço nem nunca vi rs
kisses

Thaís Araújo disse...

Não conhecia ele também, rs! Mas achei legal!
Bjs, Thá.
http://consumisse.blogspot.com
@thaharaujo

Mirella Pissolato disse...

Hahaha Adorei!!

Beijos!!

Pink Lolita já é favorito do www.itsomegirls.wordpress.com :)