Pages

sexta-feira, 21 de junho de 2013

O que esperar das blogueiras de moda

Esse post é uma espécie de resposta aos jornalistas de moda que tanto criticam a legião de blogueiras que falam sobre moda, consumo, beleza e comportamento; legião essa que cresce gradativamente e surge como uma nova ameaça à imprensa (pelo menos é o que eles acham). Esse post é uma espécie de resposta direcionada especialmente ao artigo publicado pela jornalista Lilian Pacce (leiam aqui).


Sobre blogue e jornalismo:


De uns tempos pra cá uma "regra" um tanto quanto estúpida foi criada para a comunidade de blogueiras, enfatizo o gênero feminino pois as críticas são sempre direcionadas a nós, mulheres, blogueiras de moda no Brasil. Sabe deus por que motivo (na verdade nós sabemos o motivo) de um dia para o outro, uma série de leitores e jornalistas começaram a atacar os blogues, acusando as blogueiras de não serem jornalistas, ou ainda, especialistas no assunto, portanto seus posts não são dignos de leitura ou credibilidade. A internet é um ambiente livre, graças a deus, e o blogue, essa plataforma nova que se mostra cada vez mais eficiente foi feita para jornalistas, especialistas E leigos. 
Utilizem o Google, por gentileza.
Blogue por definição: é um site cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou posts. Estes são, em geral, organizados de forma cronológica inversa, tendo como foco a temática proposta do blog, podendo ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com a política do blog.
Não foi especificado que essa plataforma só pode ser usada por um profissional especializado no assunto abordado ou jornalista, correto? Portanto eu entendo que qualquer pessoa disposta possa criar e atualizar o seu próprio blogue quando sentir vontade. Não é nenhuma conclusão absurda, é?


Sou estudante de jornalismo desde 2008, já estudei no Mackenzie, fiz cursos livres no Senac e ano que vem me formo na Cásper Líbero. Desde o primeiro ano de faculdade foi repetido inúmeras vezes a seguinte frase: blogueiro não é jornalista. Não é, gente. Não é mesmo (Considerando que os professores, além de mestres, são profissionais atuantes da área, têm uma opinião relevante, não acha?). E isso não é problema nenhum, certo? Portanto, não esperem isso de nós blogueiras, que escrevemos artigos e posts que além da nossa opinião expressam nossa visão sobre moda e as demais temáticas abordadas em nossos blogues. Quem está buscando opinião especializada, informação de moda e um ponto de vista "imparcial", recomendo que leiam o Moda Spot e o FFW.  
É importante saber diferenciar um blog de um portal de notícias de moda, não façam comparações porque são dois conceitos diferentes, mas na internet há espaço para tudo isso.
Portanto, acho válido que jornalistas e profissionais da moda, antes de demonstrarem desespero e descontrole publicamente, repensem o assunto ( e o mesmo vale quando se trata de jabás, já que qualquer veículo de comunicação é extremamente dependente de anunciantes).


Leitoras, saibam o que esperar das suas blogueiras.


Recado para as blogueiras :


Não cabe a mim dizer qual blog é ruim, qual é bacana, qual blogueira não tem nada na cabeça, qual blogueira merece respeito. Na verdade, quem deve se posicionar quanto a isso, são as leitoras, cada uma tem o blogue que merece. Se blogues fúteis, de gente que não sabe escrever e só fica ostentando na internet existe, é porque tem público, e sinceramente, ainda bem, porqe é dessa forma que se preserva a diversidade. Afinal, o que seriam dos blogues bacanas sem os blogues meia-boca? Cada um tem sua personalidade, seu estilo e seu gosto pessoal e na internet não poderia ser diferente, cada blog, é único, é particular, mesmo aqueles que copiam o conteúdo do outro na cara dura com foto e tudo. O importante, na minha humilde opinião, é criar conteúdo criativo e buscar uma maneira de se destacar entre taaantos blogs que existem hoje e cada vez mais na blogosfera.


Blogueiras, saibam aproveitar esse brecha e criar conteúdo de qualidade com criatividade.
Cada blogue e blogueira tem sua maneira particular se destacar, na internet tem lugar para todo mundo.

11 Alices comentaram:

Baxinha disse...

Adorei! Sinceramente não entendi o porque da Lilian Pacce falar o que falou tendo um programa de oda totalmente patrocinado como ela tem, juro por Deus!
E tens toda razão quando dizes sobre a diferença de um blog de opiniões de consumidora e de sites de informação sobre moda. Eu como blogueira (nova na blogosfera mas já blogueira) sempre curti horrores os blogs de consumidora para consumidora pq nunca terei condições financeiras de consumir o que a maioria das jornalistas fala. Com toda minha sinceridade, tô cagando pro desfile da semana de moda de Paris ou NY, SPFW e o escambal. O que realmente me interessa é saber se o shampoo ou a roupa da loja ali da esquina ou de uma loja on line são de boa qualidade pra eu poder ir ali comprar. Mas óbvio que isso é uma questão de opinião...

@_giihzinha disse...

Sabe, nunca disseram que blogueira era jornalista. Nunca. Blogueiros estão ali justamente para expressar suas opiniões, contar o que querem e ninguém tem a obrigação de ler essas opiniões, muito menos segui-las!
A Lilian Pacce diz que muitas das blogueiras escrevem para fazer propaganda das marcas, receber por isso. Mas eu, como leitora de alguns blogues de moda, sei por experiência própria que toda vez que estão fazendo propaganda remunerada, elas avisam. E quem falou que a Lilian Pacce não está sendo paga pela GNT para dar uma opinião que não é dela? Isso tudo vai de pessoa para pessoa.
Tem gente que está nessa por dinheiro, tem gente que está por gostar de moda, tem gente que trabalha com moda e quer mostrar o que aprendeu. E nós, como leitores, temos que saber discernir os interesses de quem escreve, mas sem levar tudo tão à sério, estamos lendo para nos divertir, nos basear em peças que vemos, nos inspirar, passar o tempo mesmo e até descobrir produtos e marcas novas (por que não?).
Acho que as coisas não devem ser misturadas.

Mery - Coqueluxos disse...

Nathalia, muito bem dito, a internet está aí para que, quiser usufruir, cada pessoa deve selecionar e ler o que quiser, o blog é feito ara expressarmos o que gostamos e claro uns com mais responsabilidade que outros, mas cabe aos leitores continuarem lendo ou não!!! Espaço tem para todos!
Bjokas

Gih disse...

Concordo que blogueira não é jornalista, nem poderia!
Mas entendo o lado na Lilian (ao contrario de muita blogueira que só jogou pedra nela).. é que a maioria das blogueiras está se colocando em algum patamar de "expert" já vi de tudo em blogs..como as especialistas em moda (sem nunca terem cursado moda) a Editora de moda (oi?) já vi até a estilista (pk tem uma lojinha qualquer no blog).
Já falei no meu blog e falo de novo, a área de Design virou uma prostituição! Porque hoje todo mundo se intitula qualquer coisa e acha que pode sair dando dica e merecer um lugar na fila A de qualquer desfile de moda mais do que estudantes e pessoas que trabalham na área a anos só porque “é blogueiro” Acho que cada profissão tem ser valor, Você como jornalista pode ir pra área de jornalismo de Moda. O que é ótimo ter essas versões da moda circulando por ai, desde que seja com estudo, com inteligência pra saber o que diz e mostra..

Marina disse...

Concordo, blogueira eh formadora de opinião, e tem mta coisa legal nos blogs. Mas tbm tem mta coisa ruim.
Adorei seu cantinho estou seguindo. Segue tbm http://umpoucodetudo-marinacoelho.blogspot.com.br/ beijos

Rafaela disse...

Gostei da sua reflexão.
E gosto de visitar blogs por tratarem a moda na vida real e não nas páginas de um editorial.
O fato de não ser feito por profissional é que torna a coisa legal.
Uma ótima terça-feira para você!
Bjus

Inês de Castro disse...

Concordo tanto contigo! Também estudei jornalismo e, apesar de termos de aceitar a nova realidade dos blogs e de um tipo de informação mais "fast", não nos podemos cingir a isso. É claro que é importante, mas também todos os outros media o são.

meiovintage disse...

Excelente post Nath!
Concordo plenamente com o seu ponto de vista, acho que as blogueiras tem que estar conscientes sobre qual a temática querem abordar e qual o público-alvo será atingido por tal, independenetemente de ser jornalista, ou não. No segundo semestre desse ano vou começar a faculdade de Jornalismo aqui na UERJ, não posso negar que o fato de eu ter um blog elevou minha vontade de fazer o curso, que já era uma paixão antiga, mas nunca confundi ser blogueira com ser jornalista, é possível exercer as duas e elas muitas vezes se complementam. A internet é um espaço que está aí para demonstrarmos nossa opinião com diversas ferramentas, uma delas são os blogs. Cada tem seu próprio espaço, então vamos aprimorarmos não para antigirmos níveis de jornalista, mas escrevendo bons posts, mostrando conteúdos legais, isso que é o que vale!

Ufa, cansei!
Beijos, Thamires

Thaís Araújo disse...

Ótimo post! A internet é uma espaço livre, que cada um pode falar livremente sobre o que quer. Mas acho que cada um deve colocar em seu lugar!
Bjs, Thá.
http://consumisse.blogspot.com
@thaharaujo

Juliana disse...

Adorei o post!!! Acho que você se expressou muito bem. O bacana dos blogs eu acho que é exatamente ter a opinião de uma consumidora e não uma especialista. Corcordei com tudo o que vc falou!
Bjos
www.deliriofashionista.blogspot.com

Iza disse...

Adorei o post. Sim: blogueiro não é jornalista - no meu caso não mesmo pois quero seguir uma carreira bem diferente - ou só quem está cursando o curso de jornalismo. Bem, criei meu blog por puro hobby, não quero ser "uma blogueira profissional" ou jornalista; quero apenas me divertir, conhecer várias pessoas e compartilhar minhas experiências. Sempre gostei de vários blogs de consumismo, mas sinceramente não posso segui-los pois eu nunca estarei totalmente na moda, também não tenho money suficiente para ir à Paris ou comprar na Chanel. Mas... não sei, gosto de postar coisas sobre a Chanel e Paris e não ficar mostrando que eu comprei ou fui lá. Nessa questão o que vale é a qualidade mesmo... muitas blogueiras apenas ligam para tirar fotos em Paris vestindo Chanel só para mostrar e "dar audiência" para o blog, sendo que VÁRIOS blogs já fazem isso, então o blog delas vai ser só mais um em meio de tantos iguais. Sei lá acho que vale no blog é o conteúdo; as opiniões e principalmente, a originalidade.
BEIJOS :)